Olá Amigos(as),visitem minha página no Facebook e confira as Novidades!!!!!

quinta-feira, 1 de maio de 2014

Jaque Khury curte a família e o gato de estimação: "Quem aguenta?"

Jaque Khury posa ao lado de gato (Foto: Reprodução/Instagram)
Jaque Khury postou nesta quinta (24) uma foto no Instagram. "Esmago de bom dia no Chico ... antes de vcs perguntarem, ele é um persa ", escreveu na legenda. A ex-BBB é mãe de Gael, 3 meses, de sua união com Rafael Mello.

Em seguida, ela mostrou uma imagem dos homens de sua vida: o marido e o bebê. "Quem guenta o pai e filho coloridos?", brincou
Os homens da vida de Jaque Khury (Foto: Reprodução / Instagram)


Quando saber se é hora de a criança ter um bicho de estimação?


primeira coisa a se considerar é a saúde de seu filho e de sua família. “Alergias a animais de estimação ocorrem com apenas 10% da população. As mais comuns são rinite, asma ou erupções cutâneas. Mas isso não quer dizer que as crianças que tenham alergia não tolerem a presença desses animais”, explica a pediatra Helena Vieira, membro do Departamento Científico de Alergia e Imunologia da Sociedade Brasileira de Pediatria. Pelo contrário. Não faltam pesquisas para provar que, se o seu filho tiver contato com o animal desde pequeno, o organismo passará a tolerar mais as reações alérgicas. Um estudo coordenado por Joachim Heinrich, cientista do Instituto de Epidemiologia de Munique, na Alemanha, reforçou a informação. Na pesquisa, 3 mil crianças foram monitoradas desde o nascimento até os 6 anos. Exames de sangue mostraram que aquelas que conviviam com cachorro dentro de casa apresentavam menos risco de desenvolver sensibilidade a pelos, pólen, poeira e outros agentes alergênicos inaláveis do que crianças sem cães.
E os benefícios que a companhia de um animal de estimação traz não param por aí. Outro levantamento de estudos feito por pesquisadores do departamento de Psicologia Experimental da Universidade de São Paulo confirma a melhora da imunidade de bebês e crianças. Segundo os pesquisadores, a companhia de um bicho reduz as chances de desenvolver resfriados, problemas estomacais e dores de cabeça. Tudo isso acontece porque os níveis de imunoglobulina A, um anticorpo presente nas mucosas que evita a proliferação viral ou bacteriana, aumentam em contato com o animal e fortalecem o sistema imunológico.
A idade certa para ter um animal de estimação
Antes de decidir ter o animal, espere que as crianças desenvolvam uma maturidade motora (andar e se movimentar com destreza) e também um grau de entendimento. Essa última parte é fundamental para que seu filho perceba que o animal de estimação é parte da família, por isso não deve ser maltratado. “Crianças a partir de 4 anos compreendem melhor a situação e as regras”, diz a pediatra Milena de Paulis, do Hospital Israelita Albert Eisntein (SP). Para a psiquiatra infantil Evellyn Kuzinsky, de São Paulo, ter a companhia de um animal de estimação logo no início da vida das crianças é ótimo para que elas não tenham medo de animais no futuro.
Para quem acabou de aumentar a família e tem um recém-nascido em casa ou um bebê que ainda está por vir, é preciso tomar alguns cuidados. Tudo bem apresentar o bebê para o bicho sentir o cheiro do novo membro da família e reconhecê-lo, mas nunca deixe os dois em um ambiente sozinhos e lembre-se, claro, de atualizar as vacinas do animal. Vale lembrar que o contato do seu filho com o animal pode ir aumentando depois que ele tiver tomado todas as primeiras doses da vacina - sempre, claro, com sua supervisão.
Esse seu olhar, aliás, deve existir sempre, independente da idade da criança. “Nós já tivemos casos de acidentes envolvendo crianças e cachorros, inclusive de raças dóceis, por descuido”, conta Milena.

Nenhum comentário:

Postar um comentário