Olá Amigos(as),visitem minha página no Facebook e confira as Novidades!!!!!

quinta-feira, 18 de abril de 2013

Correios do Brasil estão entre os 10 melhores do mundo

Os Correios brasileiros figuram entre as 10 melhores empresas de serviço postal do mundo, de acordo com estudo divulgado nessa terça-feira (16) pela Accenture — considerada a maior consultoria do mundo. O estudo “Achieving High Performance in the Postal Industry 2013 (Alcançando alto desempenho em serviço postal) analisou 26 operadores, públicos e privados, inclusive gigantes multinacionais.
O presidente dos Correios, Wagner Pinheiro de Oliveira, ressaltou que o resultado se deve ao empenho dos trabalhadores, aos investimentos realizados nos últimos anos e às iniciativas do governo federal para revitalizar a empresa. “Estamos trilhando o caminho certo para fortalecer os Correios como empresa pública e aprimorar cada vez mais o atendimento às empresas e aos cidadãos. Nosso planejamento estratégico de longo prazo prevê ações focadas pela pesquisa e nos últimos anos temos centrado esforços e investimentos nesse sentido”, afirmou, referindo-se ao Plano Estratégico Correios 2020.
Entre as novas ações em curso nos Correios estão a busca por parcerias que agreguem valor à marca e à rede de atendimento, como a entrada no mercado de telefonia móvel celular (MVNO); a ampliação da oferta de serviços postais eletrônicos como o V-POST, hoje utilizado pelos Tribunais Regionais do Trabalho em todo o Brasil; a implantação do rastreamento de encomendas em tempo real, prevista para o próximo mês; e abertura do primeiro escritório de prospecção no exterior, em Miami (EUA).
Além disso, a empresa, nos últimos dois anos, criou uma área estratégica voltada a encomendas e logística e outra voltada ao relacionamento com clientes, além de reativar a Ouvidoria; contratou 15 mil trabalhadores por concurso público (e está admitindo neste ano mais 6,6 mil); investiu cerca R$ 500 milhões na compra de 14 mil veículos e na construção, reforma, manutenção e ampliação de 1,4 mil unidades e mais R$ 50 milhões na aquisição de computadores e equipamentos para a área operacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário