Olá Amigos(as),visitem minha página no Facebook e confira as Novidades!!!!!

sábado, 23 de março de 2013

China ultrapassa Japão e se torna 2º maior mercado de cinema do mundoA China registrou a 2ª maior bilheteria de cinema de todo o mundo em 2012, consolidando sua posição como um mercado cobiçado por Hollywood. Segundo a Associação de Cinema da América (Motion Picture Association of America, mais conhecida pela sigla MPAA), os cinemas chineses contaram U$S 2,7 bilhões em venda de ingressos, superando os lançamentos em território japonês, antigo 2º lugar do mundo, que em 2012 somaram U$S 2,4 bilhões. Para a China, este número representa um salto de U$S 700 bilhões em relação a 2011, enquanto o Japão, mesmo perdendo uma posição, registrou um crescimento de U$S 100 milhões. “A China está construindo 10 salas de cinema por dia”, afirmou Chris Dodd, chefe da MPAA. “Há um apetite voraz por produtos e nossos filmes tiveram bons resultados.” Segundo Dodd, acordos recentes permitiram que Hollywood lançasse 30 filmes por ano na China, sendo que antes apenas 14 filmes americanos podiam ser exibidos anualmente no país. O chefe da MPAA se encontrou com o diretor da Wanda Group, grande proprietária de cinemas chineses, e mostrou seu otimismo quanto ao futuro: “Ele está tentando ocupar os assentos e sabe que os produtos americanos atraem uma ótima audiência na China”, revelou Dodd. Houve frustração entre alguns estúdios americanos quando seus maiores sucessos foram lançados em datas próximas na China. Um bom exemplo foi o de “Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge”, “O Espetacular Homem-Aranha” e “Prometheus”, que estrearam em um período de apenas uma semana. Embora os três tenham conseguido boas bilheterias na China, Dodd ainda se preocupa com esse tipo de problema, além dos “períodos de blecaute” em que os EUA não conseguem mandar nenhum filme para o país. Apesar disso, a relação com as autoridades chinesas melhoraram muito nos últimos anos, “apesar desses acidentes de percurso.” Além de arrasa-quarteirões americanos, a China ainda se beneficiou de sucessos nacionais em 2012. Embora o filme mais rentável produzido no país, a comédia “Lost in Thailand”, tenha sido lançado no fim de dezembro e feito a maior parte de bilheteria em 2013, a fantasia de ação “The Painted Skin: The Resurrection” quebrou o recorde de maior bilheteria de um filme chinês em 2012, com U$S 115 milhões.


A China registrou a 2ª maior bilheteria de cinema de todo o mundo em 2012, consolidando sua posição como um mercado cobiçado por Hollywood. Segundo a Associação de Cinema da América (Motion Picture Association of America, mais conhecida pela sigla MPAA), os cinemas chineses contaram U$S 2,7 bilhões em venda de ingressos, superando os lançamentos em território japonês, antigo 2º lugar do mundo, que em 2012 somaram U$S 2,4 bilhões.
Para a China, este número representa um salto de U$S 700 bilhões em relação a 2011, enquanto o Japão, mesmo perdendo uma posição, registrou um crescimento de U$S 100 milhões. “A China está construindo 10 salas de cinema por dia”, afirmou Chris Dodd, chefe da MPAA. “Há um apetite voraz por produtos e nossos filmes tiveram bons resultados.”
Segundo Dodd, acordos recentes permitiram que Hollywood lançasse 30 filmes por ano na China, sendo que antes apenas 14 filmes americanos podiam ser exibidos anualmente no país. O chefe da MPAA se encontrou com o diretor da Wanda Group, grande proprietária de cinemas chineses, e mostrou seu otimismo quanto ao futuro: “Ele está tentando ocupar os assentos e sabe que os produtos americanos atraem uma ótima audiência na China”, revelou Dodd.
Houve frustração entre alguns estúdios americanos quando seus maiores sucessos foram lançados em datas próximas na China. Um bom exemplo foi o de “Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge”, “O Espetacular Homem-Aranha” e “Prometheus”, que estrearam em um período de apenas uma semana. Embora os três tenham conseguido boas bilheterias na China, Dodd ainda se preocupa com esse tipo de problema, além dos “períodos de blecaute” em que os EUA não conseguem mandar nenhum filme para o país. Apesar disso, a relação com as autoridades chinesas melhoraram muito nos últimos anos, “apesar desses acidentes de percurso.”
Além de arrasa-quarteirões americanos, a China ainda se beneficiou de sucessos nacionais em 2012. Embora o filme mais rentável produzido no país, a comédia “Lost in Thailand”, tenha sido lançado no fim de dezembro e feito a maior parte de bilheteria em 2013, a fantasia de ação “The Painted Skin: The Resurrection” quebrou o recorde de maior bilheteria de um filme chinês em 2012, com U$S 115 milhões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário