Olá Amigos(as),visitem minha página no Facebook e confira as Novidades!!!!!

G-SUITE:Veja mais detalhes aqui!!!!!

G Suite




Olá.

Agradecemos a análise do G Suite.

Aqui estão três motivos para testar esse recurso:

  1. Você pode receber e-mails personalizados e muito mais com o Gmail for business.
  2. Ele ajuda os funcionários a cumprirem suas tarefas e colaborarem de forma mais rápida e eficiente.
  3. Milhões de pequenas e grandes empresas já mudaram para o G Suite.

Conheça aqui o G Suite!!!!

O que é o G Suite?

O G Suite é um pacote de produtividade baseado na nuvem que ajuda as equipes a se comunicar, colaborar e realizar tarefas em qualquer lugar e de qualquer dispositivo. Ele é fácil de configurar, usar e gerenciar. Assim, sua empresa pode se concentrar no que realmente importa.

Milhões de empresas em todo o mundo contam com o G Suite para aproveitar recursos como e-mail profissional, armazenamento de arquivos, reuniões por vídeo, agendas on-line, edição de documentos e muito mais.

Assista ao vídeo ou saiba mais aqui.

Veja alguns destaques:

E-mail empresarial para seu domínio

Parecer profissional conta muito e isso significa se comunicar como você@suaempresa.com. Os recursos simples e eficazes do Gmail ajudam você a desenvolver sua marca e realizar ainda mais tarefas.

Acesse em qualquer local ou dispositivo

Verifique seu e-mail, compartilhe arquivos, edite documentos, realize reuniões por vídeo e muito mais, estando no trabalho, em casa ou viajando. Você continua o trabalho de onde parou em um computador, tablet ou smartphone.

Ferramentas de gerenciamento de nível empresarial

As configurações de administrador robustas oferecem controle total sobre usuários, dispositivos, segurança e muito mais. Seus dados estão sempre com você e eles permanecem com você caso queira mudar de solução.

Inicie uma avaliação gratuita

Procurando Diversão??????????

               Procurando Diversão?????????



Então encontrou o melhor local,
e a rede social mais badalada do momento!!!!

Não acredita?????
Então confira você mesmo(a)!!!!!!

Acesse agora mesmo!!!!!!

>>>>> http://www.sccliberal.com.br/Convite.aspx?cvt=496157

Boa diversão e com certeza vão gostar demais!!!!


sábado, 26 de dezembro de 2015

Japão quer diálogo com a Coreia do Sul sobre as escravas sexuais!!!!!

Exploração de mulheres ocorreu durante a II Guerra Mundial.
70 anos depois da guerra, tema continua afetando relações entre os países.

O ministro das Relações Relaciones Exteriores do Japão, Fumio Kishida, afirmou que o país está pronto para "trabalhar arduamente" em um diálogo com a Coreia do Sul para alcançar um acordo sobre o drama histórico das mulheres submetidas à escravidão sexual durante a II Guerra Mundial.
Ministro do Exterior do Japão Fumio Kishida responde perguntas de jornalistas nesta sexta-feira (Foto: AFP)Ministro das Relações Exteriores do Japão Fumio Kishida responde perguntas de jornalistas nesta sexta-feira 

"Em minha visita a Coreia vamos nos coordenar sobre o tema", disse Kishida a respeito do diálogo entre os dois países sobre um tema que, 70 anos depois do fim da guerra, continua afetando as relações entre os países, em um momento em que cada vez há menos mulheres sobreviventes.
Estamos prontos para "trabalhar arduamente na relação entre Japão e Coreia do Sul e no tema das "mulheres conforto'", disse o ministro, utilizando o eufemismo adotado por Tóquio para mencionar o tema.
Na quinta-feira, a imprensa afirmou que o primeiro-ministro Shinzo Abe havia ordenado a Kishida uma viagem a Seul até o fim do ano para abordar o tema.
O Japão divulgou uma declaração em 1993 na qual expressava "sinceras desculpas e arrependimento" às mulheres que sofreram uma "dor incomensurável, do ponto de vista físico e psicológico pelas feridas, depois que foram usadas como 'mulheres conforto'".
Mas o tema está longe de ser um assunto do passado entre os dois países, que em 1965 normalizaram suas relações. Desde então, Tóquio repassou quase US$ 800 milhões em subvenções ou empréstimos para sua ex-colônia.
Seul, no entanto, deseja que Tóquio formule uma nova declaração para pedir perdão às mulheres escravizadas nos prostíbulos do exército imperial.
Em junho, um grupo de sobreviventes apresentou a um tribunal americano uma demanda para receber uma compensação de US$ 20 milhões do governo japonês.
No mês passado, Abe e a presidente sul-coreana, Park Geun-Hye, se reuniram para solucionar o tema e, desde então, diplomatas dos dois países se encontraram em várias ocasiões.
Antes da reunião, Park se recusara a negociar com o Japão se Tóquio não condenasse antes os crimes cometidos durante a guerra e a ocupação, entre 1910 e 1945.
Segundo historiadores, quase 200.000 mulheres, principalmente coreanas mas também chinesas, indonésias e de outras nacionalidades foram submetidas à escravidão sexual pelo exército japonês.

Nenhum comentário:

Postar um comentário