Olá Amigos(as),visitem minha página no Facebook e confira as Novidades!!!!!

sábado, 10 de maio de 2014

Professores recebem capacitação sobre trato e guarda responsável de animais

Professores recebem capacitação sobre trato e guarda responsável de animais
Curso intitulado Educação Ambiental Humanitária em Bem-Estar Animal – EAHBEA – foi uma promoção pioneira da Prefeitura de Arroio do Sal
Arroio do Sal - Semana passada os professores da rede municipal de Arroio do Sal participaram de um curso de formação visando o aprimoramento e integração ao Programa de Saúde Animal, lançado no município em novembro de 2013.
O curso intitulado Educação Ambiental Humanitária em Bem-Estar Animal – EAHBEA – foi uma promoção pioneira da Prefeitura de Arroio do Sal, através da Secretaria de Meio Ambiente, Agricultura, Pesca e Desenvolvimento, realizado na sede social da SAAS e desenvolvido com a orientação da Gerente de Educação Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal - FNPDA, Elizabeth Mac Gregor.
A abertura do evento contou com a participação do prefeito Luciano Pinto da Silva e dos secretários Maicon Bauer (Meio Ambiente) e Iara Schaly (Educação e Cultura), além do veterinário municipal Jerônimo de Almeida.
A proposta municipal é de proporcionar a capacitação dos educadores como multiplicadores dos conceitos de EAHBEA, com base na proposta pedagógica de respeito a todas as formas de vida como preconizado pela Política Nacional de Educação Ambiental. A ação propõe-se a organizar e coordenar discussões e atividades sobre o tema nas escolas públicas, contribuindo para a formação de alunos informados e participativos, críticos e conscientes do impacto que suas ações têm no meio ambiente e na vida dos outros animais.
A partir do convite para que Elizabeth, oriunda do Rio de Janeiro, ministrasse o curso no município, outras duas cidades gaúchas também promoveram encontros de capacitação com suas comunidades.
“Agradeço Arroio do Sal por ter nos possibilitado ampliar o nosso programa educativo, incentivado indiretamente a participação dos municípios de Ivoti e Novo Hamburgo.”, ressaltou a educadora ambiental.
O secretário de Meio Ambiente disse que administração garantiu por lei municipal o Programa de Saúde Animal com o objetivo principal de controle da superpopulação de cães e gatos soltos nas ruas.
Segundo discorreu Maicon Bauer, as ações consistem também em orientações sobre bem-estar, maus tratos e guarda responsável de animais domésticos. O programa oferece, na primeira castração, microchipagem, remédio para vermes e parasitas externos, além de vacina anti-rábica para animais de estimação de famílias de baixa renda.
O controle populacional já está na segunda fase com a meta de atingir um total de 200 animais castrados. Cada um pode ter até duas crias anuais gerando em média 8 filhotes por vez.
O FNPDA, criado em 2000, com sede em São Paulo, congrega entidades de proteção animal e ambiental, contando com cerca de 100 ONGs afiliadas em todas as regiões brasileiras. Mais informações sobre o fórum podem ser obtidas no sítio na internet www.forumnacional.com.br.

Nenhum comentário:

Postar um comentário