Olá Amigos(as),visitem minha página no Facebook e confira as Novidades!!!!!

sábado, 3 de maio de 2014

Moradora do DF cria porquinha de estimação em apartamento

Alérgica a pelos de animais, servidora pública decidiu adotar a porquinha.
Animal tem coleira, ração, cama e até foto no porta-retrato da sala de estar.

 

Alérgica a pelos de animais, uma moradora do Sudoeste, em Brasília, decidiu adotar uma porquinha como animal de estimação. No apartamento da dona, a servidora pública Larissa Peixoto, o bicho tem ração, cama, coleira e até uma foto no porta-retrato da sala de estar.
Batizada de Pururuca, o animal é um "mini porco" e, quando adulto, chega a pesar no máximo 30 quilos. Porcos comum podem pesar 500 quilos.
Orgulhosa do bicho, Larissa afirma que Pururuca é carinhosa, disciplinada, independente e limpa. “As pessoas pensam que é um animal sujo, mas diferente do que a gente costuma pensar, ela é mais limpa até que um cachorro ou um gato”, conta.
A carne de porco nunca foi interessante pra mim. Agora, então, nem pensar"
Robson Carvalho, pai da dona de Puruca
Larissa é vegetariana e o seu pai, o também funcionário público Robson Carvalho, afirma que decidiu mudar a dieta em respeito à porca. “A carne de porco nunca foi interessante para mim. Agora, então, nem pensar", diz.
Pururuca chama atenção de vizinhos e até de animais quando passeia de coleira pelas quadras do Sudoeste. A vizinha de Larissa, de 6 anos, diz que sempre vê a porca passeando. “Dá vontade de pegar no colo, mas ela reclama. Ela é muito bonitinha”, disse Luna Andrade.
“É uma companhia maravilhosa e quase não dá trabalho. Para quem está disposto a ter um bichinho, eu acho que é um dos melhores bichos para se criar”, afirmou Larissa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário