Olá Amigos(as),visitem minha página no Facebook e confira as Novidades!!!!!

segunda-feira, 5 de maio de 2014

Cadela comprada no Japão por R$ 15 mil é encontrada em Sorocaba

Nina foi localizada mais de 10 quilômetros de distância de casa.
Animal tem chip implantado no corpo, mas não funciona no Brasil.

 Nina foi localizada mais de 10 quilômetros de distância de casa (Foto: Arquivo Pessoal)

A cadela da raça buldogue francês, que estava desaparecida desde a última sexta-feira, foi encontrada na tarde de sábado (3), em Sorocaba (SP). De acordo com informações dos familiares, que compraram o animal por R$ 15 mil no Japão, Nina foi localizada em uma casa no bairro Wanel Ville, na Zona Oeste, mais de 10 quilômetros de distância de onde mora, no Jardim São Guilherme, Zona Norte da cidade.
A dona do animal conta que uma pessoa ligou para ela e avisou que tinha visto a cadela com uma mulher. “Depois de uma reportagem na TV, recebemos uma denúncia que a Nina estava no Wanel Ville. Essa pessoa passou o endereço e encontramos a minha cachorrinha dentro de uma casa”, diz a assistente técnica Maria Cláudia Ogawa em entrevista ao G1.
Nina tem aproximadamente 5 anos de idade e ficou desaparecida por quase 24 horas, depois que alguém arrombou o portão da casa de Maria Cláudia. O animal tem um chip de identificação implantado no corpo. No entanto, como o equipamento foi colocado no Japão, os aparelhos de rastreamento brasileiros não conseguem ler os dados.
Ainda segundo Maria Cláudia, que morou no Japão por 15 anos e está há três em Sorocaba, a pessoa que estava com a cadela também alegou ter visto a reportagem na televisão e que “resgatou” Nina, já que ela correria risco de ser atropelada. “A mulher disse para mim que viu minha cachorra andando pela Avenida Itavuvu, quando passava pela via para ir até uma loja. Mas isso não é verdade. A cachorra foi tirada de dentro de casa. Tanto é que estragaram meu portão. Graças a Deus que recebemos essa ligação. Se dependêssemos do chip de identificação dela não íamos encontrar nunca.”
Além da fêmea, a família tem outro cachorro da mesma raça, chamado de Robinho, de pelagem preta, e que também foi levado do local no dia do crime. Mas ele foi encontrado após 12 horas de busca a 300 metros da casa. “Espalhamos cartazes e um carro de som procurou a Nina por toda a Zona Norte. Como encontrei o Robinho perto de casa, achei que a Nina estivesse por aqui também. Não esperava que tivessem a levado para tão longe”, conclui Maria Cláudia.
Sorocaba procura por fêmea de buldog francês (Foto: Ana Carolina Levorato/G1)Dona espalhou cartazes pela Zona Norte para procurar cachorra

Nenhum comentário:

Postar um comentário