Olá Amigos(as),visitem minha página no Facebook e confira as Novidades!!!!!

quarta-feira, 30 de abril de 2014

Lançamentos, mais locados e dicas

Azul é a cor mais quente - Divulgação
Última semana do mês de abril e cá estamos para mais uma edição da coluna Lançamentos, mais locados e dicas. A coluna é produzida em parceria com as locadoras Vintage e Vincere Vídeos, especializadas em filmes cults e clássicos, mas que também possuem um acervo considerável de filmes ditos mais comerciais e pretende dar uma pincelada no mercado de DVDs destas locadoras.. A locadora Vintage, para quem ainda não conhece se localiza na Cezar Zama, 180, Loja 3, no bairro da Barra, em Salvador – BA. Já a Vincere é curitibana (PR) e localiza-se na Rua Comendador Macedo, 361 – Centro. Curitiba/PR – Tel: (41) 3262-7058 / 3205-7058.
Lançamentos
Entre os mais novos lançamentos da Vintage Vídeos se encontram o polêmico filme Ninfomaníaca Vol. 1, o irregular Kick-Ass 2, o adorável Questão de Tempo, o subversivo O Lobo de Wall Street, além de Para Maiores e os premiados A Grande Beleza e Blue Jasmine, além do nacional Cine Holliúdy.
Ninfomaníaca Vol. 1 – Um filme forte, denso, com uma trilha sonora de força, usando em vários momentos o heavy metal, como sempre Lars von Trier tem o prazer de trazer a inquietação para os seus filmes e consequentemente para o espectador.
A Grande Beleza – O filme do diretor Paolo Sorrentino, nos leva a uma viagem esplendorosa por Roma, com seus afrescos, sua arquitetura ímpar, a decadência da aristocracia, suas festas suntuosas, sua superficialidade, faz lembrar as grandes obras de Fellini. Com uma belíssima fotografia e uma trilha sonora maravilhosa, que vai dos cânticos gregorianos, da música sacra, às baladas das festas mundanas, regadas a muita bebida, extravagâncias e orgia.
O Lobo de Wall Street
O Lobo de Wall Street
O Lobo de Wall Street - Com uma linguagem irônica, afiada, desbocada, Leonardo DiCaprio no personagem Jordan Belfort  brilha o filme inteiro, é com certeza todo o diferencial, uma entrega total em todas as cenas, e quando ele prega para a sua turma de trabalho, que poder de persuasão impressionante!
Mais locados
1 – Azul é a Cor Mais Quente
2 – Gravidade
3 – Jovem & Bela
4 – Canção para Marion
5 – À Procura do Amor
6 – Augustine
7 – Flores Raras
8 – Hannah Arendt – Ideias que Chocaram o Mundo
9 – A Grande Beleza
10 – Minha Vida em Cor-de-Rosa
Azul é a cor mais quente - Em poucas palavras, Azul… conta a história da paixão de Adele por Emma. Ao sentir-se cada vez menos atraída pelos mocinhos da escola, Adele conhece Emma, uma artista plástica mais velha que ela, e se derrete. As duas desenvolvem um relacionamento que se demora até o primeiro beijo, e se estende por tantos enlaces e desenlaces, pautado pelo desejo e pela urgência de ser feliz. Tudo o que é importante neste filme é contado em detalhes e sutilezas, como quando Adele e Emma falam sobre filosofia na maior inocência, ou quando Adele dá aulas e se sente tão perdida quando como, anos antes, assistia aulas. Azul se concentra em um ciclo de dez anos na vida de Adele, para falar, do seu modo triste e bonito, sobre como morremos de medo da solidão.
A Guerra está declarada
A Guerra está declarada
Dica
A Guerra Está Declarada –
A história acompanha o amor de Roméo (Jérémie Elkaïm) e Juliette (Valérie Donzelli, também diretora). Eles se conhecem em uma festa parisiense para logo depois já iniciar a relação amorosa, que culmina com o nascimento de Adam (César Desseix), o que tumultua o dia a dia da dupla. O bebê chora sem parar, preocupando os pais. Ao completar 18 meses, vem o diagnóstico de um raro tipo de tumor no cérebro do menino. O ponto forte da trama é sem dúvida alguma o equilíbrio dramático que a diretora impôs ao filme, que facilmente poderia descambar para o novelão. Valérie optou por contar sua história sem forçar o público ao choro fácil. Sua intenção é captar toda a atmosfera que circunda o acontecimento trágico: os detalhes do cotidiano deles se transformam assim na principal via do filme. A trilha sonora, destaque à parte, tem desde Vivaldi até Georges Delerue, de Ennio Morricone a Laurie Anderson. Um esplêndido filme, emocionante, mas na dose certa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário