Olá Amigos(as),visitem minha página no Facebook e confira as Novidades!!!!!

quarta-feira, 17 de abril de 2013

Famosos lamentam a morte de Cleyde Yáconis

O ator, diretor e roteirista Miguel Falabella lamentou o ocorrido em seu Twitter. Ele escreveu: “Devastado com a partida de Cleyde Yáconis

Logo que a notícia da morte de Cleyde Yáconis, aos 89 anos, foi divulgada, na noite da última segunda-feira (15), famosos encheram as redes sociais com homenagens e o nome da atriz figurou entre os assuntos mais comentados do Twitter durante toda a noite.
O ator, diretor e roteirista Miguel Falabella lamentou o ocorrido em seu Twitter. Ele escreveu: “Devastado com a partida de Cleyde Yáconis, uma das melhores pessoas com quem tive a honra de trabalhar nesta carreira. E que grande atriz perde o Brasil. Cleyde, sem duvida, deixou o nome escrito nas estrelas”.
O dramaturgo Walcyr Carrasco relatou: “Amigos, estou triste, faleceu a atriz Cleyde Yáconis. Quando eu tinha 17 anos e queria ser ator, fiz com ela a peça ‘Os Gigantes da Montanha’. Cleyde Yáconis além de ser uma grande atriz, era uma pessoa boa, que amava a natureza simples, vivia numa chácara, sem afetação. Amava seu jardim. Assim perdemos não só a grande atriz, mas também uma grande pessoa. Os anjos devem estar reunidos para recebê-la! Amigos, a morte de Cleyde Yáconis é uma perda imensa para o teatro e a TV nacional”.
O ator Marco Pigossi também comentou, em sua rede social: “Hoje é um dos dias mais tristes para o teatro Brasileiro. Minha professora! A pessoa que me apresentou o palco! Adeus, Cleyde! Triste...”.
O também ator Marcelo Médici escreveu: “Quando decidi ser ator, aos 16 anos, a primeira peça que vi tinha Cleyde Yáconis no elenco: ‘A Cerimônia do Adeus’. Incrível. Cleyde Yáconis, atriz talentosa e mulher forte, independente... Certamente não estava feliz no hospital. Cumpriu sua missão lindamente”.
O ator Miguel Roncato, que atuou junto com Cleyde em sua última novela, Passione, em 2010, também lamentou a morte da atriz. “Muito triste com o falecimento de Cleyde Yáconis! Eu a conheci em Passione e tive a honra de trabalhar com ela! Talento e generosidade pura!”, comentou.
A atriz foi casada por 11 anos com o também ator Stênio Garcia. Em 2010, Cleyde já havia se afastado das gravações da novela de Sílvio de Abreu por ter quebrado o fêmur, mas voltou meses depois ao trabalho. Na época do acidente, o autor da novela chegou a declarar ao Portal R7 que aquele teria sido o pior momento da produção.
Ele disse: “O pior [momento] foi o acidente que Cleyde Yáconis sofreu, porque é uma pessoa muito querida por todos nós e, além da preocupação que tivemos com ela, tínhamos também com o destino da Brígida [a personagem]. Foram dois meses muito tensos, nos quais os personagens de Aracy Balabanian, Leonardo Villar, Elias Gleiser e Emiliano Queiróz ficaram meio de lado. Mas, felizmente, Cleyde é uma guerreira, se recuperou e voltou melhor ainda do que antes do acidente”.
A veterana da televisão e do teatro brasileiro fez novelas de sucesso, como Éramos Seis (1967), A Muralha (1968), Mulheres de Areia (1973), Rainha da Sucata (1990) e Torre de Babel (1998).
A atriz estava internada desde outubro de 2012 no hospital Sírio Libanês, em São Paulo, devido a uma isquemia. O corpo será velado e sepultado nesta terça-feira (16) no distrito de Jordanésia, em Cajamar (SP). A causa da morte não foi divulgada.
Cleyde Yáconis morreu na última segunda-feira (16). Causa da morte não foi divulgada
TV Globo / Divulgação
Cleyde Yáconis morreu na última segunda-feira (16). Causa da morte não foi divulgada

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário