Olá Amigos(as),visitem minha página no Facebook e confira as Novidades!!!!!

domingo, 3 de março de 2013

[UFC Japão] Wanderlei Silva revive tempos de glória com nocaute vigoroso sobre Brian Stann

Wand: esmagador
 O UFC tomou de assalto a Terra do Sol Nascente, sábado (2). No geral, o Ultimate on Fuel 8, realizado na tradicional Saitama Super Arena foi morno, mas marcou o retorno do ídolo local Wanderlei Silva frente ao público que mais o consagrou na época de ouro como campeão do Pride. O Cachorro Louco encarou o norte-americano Brian Stann na luta principal da noite e reviveu o auge da carreira com um nocaute vigoroso sobre o adversário no segundo assalto.
Os demais brasileiros na programação contabilizaram uma vitória - com Rani Yahya - e duas derrotas - com Marcelo Guimarães e Cristiano Marcello.
**Siga o Blog no Twitter:@cascagrossablog***CURTA o Casca-Grossa no Facebook!
Brutal - Sem tempo para estudo, Wand se mandou para cima de Stann e as trocas de socos foram intensas desde o começo do combate. Visivelmente surpreso com o forte ritmo imposto pelo brasileiro, o norte-americano fez frente o tempo todo e o que se viu foram cruzados e diretos que passavam zunindo em ambos os lados. Stann levou forte golpe e terminou a primeira etapa com o nariz bastante machucado.
No segundo assalto, Wand voltou mais dinâmico, mas não menos incisivo. Mesmo se expondo demais, a sequência cruzado de direita, soco reto de esquerda foi certeira e mandou Stann a knockdown. O castigo seguiu no solo e o árbitro decretou o nocaute técnico.
"Meu córner disse para tentar a combinação de socos (do nocaute) e deu certo. Estou muito orgulhoso de voltar a vencer no Japão", disse Wanderlei, logo após a luta.
Calculado - Rani Yahya logo encurtou a distância contra Mizuto Hirota e levou ao solo para tentar alguma finalização de seu vasto arsenal. O nipônico se defendeu bem. No segundo assalto, o brasileiro quase encaixou um katagatame (estrangulamento que pressiona braço e pescoço simultaneamente), mas sem sucesso.
No último assalto, o japonês defendeu bem as entradas de queda e ainda aplicou bons golpes no exausto adversário. Mas a vantagem parcial não foi suficiente para livrá-lo da derrota por pontos. No fim, Yahya levou a melhor na decisão dos juízes.
Dominado - Cristiano Marcello encarou o estreante Kazuki Tokudome e começou com tudo. O brasileiro logo encaixou três diretos de direita certeiros. O nipônico aguentou firme e ainda levou Marcello ao solo com bela queda. Na parcial seguinte, Tokudome mais uma vez cravou o adversário com as costas no chão. Faixa-preta de jiu-jitsu, o brasileiro mostrou muita passividade em sua especialidade e foi dominado com bons golpes.
Nos cinco minutos finais, as trocas de golpes foram mais francas ainda. O japonês aproveitou uma brecha na guarda e colocou um direto em contragolpe que mandou o carioca à lona do octógono. No fim, Tokudome foi declarado vencedor nos pontos.
Letal - O capixaba Marcelo Guimarães fez a estreia pelo Ultimate e teve pela frente o coreano Yun Gyu Lin. O primeiro assalto foi parelho e o brasileiro conseguiu ligeira vantagem com uma queda aplicada  a poucos instantes do fim. Na segunda parcial, Guimarães esquivou de um soco, mas foi pego em sequência por uma forte joelhada no queixo, que o mandou a nocaute.
Card Principal
Wanderlei Silva derrotou Brian Stann por nocaute técnico
Mark Hunt derrotou Stefan Struve por nocaute técnico
Diego Sanchez derrotou Takanori Gomi por decisão dividida
Yushin Okami derrotou Hector Lombard por decisão dividida
Rani Yahya derrotou Mizuto Hirota por decisão unânime
Dong Hyun Kim derrotou Siyar Bahadurzada por decisão unânime
Card Preliminar
Brad Tavares derrotou Riki Fukuda por decisão unânime
Takeya Mizugaki derrotou Bryan Caraway por decisão dividida
Kazuki Tokudome derrotou Cristiano Marcello por decisão unânime
Alex Caceres derrotou Kyung Ho Kang por decisão dividida
Hyun Gyu Lim derrotou Marcelo Guimarães por nocaute

Nenhum comentário:

Postar um comentário