Olá Amigos(as),visitem minha página no Facebook e confira as Novidades!!!!!

G-SUITE:Veja mais detalhes aqui!!!!!

G Suite




Olá.

Agradecemos a análise do G Suite.

Aqui estão três motivos para testar esse recurso:

  1. Você pode receber e-mails personalizados e muito mais com o Gmail for business.
  2. Ele ajuda os funcionários a cumprirem suas tarefas e colaborarem de forma mais rápida e eficiente.
  3. Milhões de pequenas e grandes empresas já mudaram para o G Suite.

Conheça aqui o G Suite!!!!

O que é o G Suite?

O G Suite é um pacote de produtividade baseado na nuvem que ajuda as equipes a se comunicar, colaborar e realizar tarefas em qualquer lugar e de qualquer dispositivo. Ele é fácil de configurar, usar e gerenciar. Assim, sua empresa pode se concentrar no que realmente importa.

Milhões de empresas em todo o mundo contam com o G Suite para aproveitar recursos como e-mail profissional, armazenamento de arquivos, reuniões por vídeo, agendas on-line, edição de documentos e muito mais.

Assista ao vídeo ou saiba mais aqui.

Veja alguns destaques:

E-mail empresarial para seu domínio

Parecer profissional conta muito e isso significa se comunicar como você@suaempresa.com. Os recursos simples e eficazes do Gmail ajudam você a desenvolver sua marca e realizar ainda mais tarefas.

Acesse em qualquer local ou dispositivo

Verifique seu e-mail, compartilhe arquivos, edite documentos, realize reuniões por vídeo e muito mais, estando no trabalho, em casa ou viajando. Você continua o trabalho de onde parou em um computador, tablet ou smartphone.

Ferramentas de gerenciamento de nível empresarial

As configurações de administrador robustas oferecem controle total sobre usuários, dispositivos, segurança e muito mais. Seus dados estão sempre com você e eles permanecem com você caso queira mudar de solução.

Inicie uma avaliação gratuita

Procurando Diversão??????????

               Procurando Diversão?????????



Então encontrou o melhor local,
e a rede social mais badalada do momento!!!!

Não acredita?????
Então confira você mesmo(a)!!!!!!

Acesse agora mesmo!!!!!!

>>>>> http://www.sccliberal.com.br/Convite.aspx?cvt=496157

Boa diversão e com certeza vão gostar demais!!!!


segunda-feira, 11 de março de 2013

FILMES-LANÇAMENTOS!

As Aventuras de Pi

 

Assisti As Aventuras de Pi no cinema recentemente e como não faço comentários de filmes há um bom tempo, resolvi falar um pouquinho sobre ele aqui... Até porque a Editora Nova Fronteira fez o (re)lançamento do exemplar com a capa do livro e ficou uma graça! Antes de tudo, devo comentar que ganhei um par de ingressos para assistir o filme, bem como um exemplar do livro, pela queridíssima editora Nova Fronteira por meio de um sorteio - muito obrigada! Quer conferir? Vem comigo!
Piscine Patel, ou melhor, Pi, é um garoto que foi criado em um zoológico. Acostumado a viver no meio dos animais desde pequeno, quando o tigre de bengala Richard Parker chega para compor o quadro de animais do zoo, o menino fica todo entusiasmado e encantando com o significado que um simples olhar do tigre transmite a ele. Quando em um dia como outro qualquer é noticiado de que sua família não poderá mais manter o zoológico, o garoto juntamente com seu irmão e pais são obrigados a deixar tudo o que lhes pertence na cidade - inclusive romances, paixões, saudades... Tudo - e então embarcar em um navio com os bichos a bordo rumo ao Canadá. Por surpresa na noite de viagem, cai uma tempestade e o navio o qual estão viajando, acaba naufragando. Pi vê perder toda a sua família em um piscar de olhos. Preso em um barco salva-vidas a alto mar, o garoto acaba só tendo a companhia de Richard Parker, o tigre de bengala e sua fé em um Deus - que o move para ter esperanças e não desistir, mesmo quando tudo parece perdido demais para ele.


As Aventuras de Pi foi um filme bastante interessante, desses que acaba despertando uma série de sentimentos em você. Não sei explicar bem o motivo, mas achei o filme bastante triste. Não por conta de algum acontecimento em específico, alguma fala, algum momento... Não, nada disso. Sai do cinema com uma sensação de tristeza, daquelas inexplicáveis que quando alguém te pergunta o que você achou daquele filme ou livro, você ó sabe dizer: "Não sei, achei bastante triste..." - sem que aquilo de fato possa ser explicado. É aquele sentimento que acaba se instalando ali e não tem muita explicação.

Pi é um garoto um tanto quanto corajoso. Indeciso, sim. Cheio de dúvidas, sim. Mas com esperança e coragem para encarar tais circunstâncias adversas que acabam o acometendo.

Os efeitos utilizados no filme são magníficos! As cenas são muito bem produzidas, o "mover" da história é bem elaborado. O construir e desenrolar da trama deve ser observado com aquele sentimento de "trabalho bem feito". Simplesmente porque o autor, digo até do livro mesmo, conseguiu sustentar uma história um tanto quanto longa onde há um cenário deserto/paradisíaco (no meio do nada, onde para qualquer lugar que olhe, só encontre água) com personagens peculiares: um garoto e um tigre de bengala que não dialogam - apesar de manterem certo nível de "conversação" corpórea - que acabam demonstrando afeto ou desafeto apenas por um olhar. Que conseguem dizer tanto sem nem ao menos trocarem palavras...


Há pinceladas sobre diversas religiões. Pi acredita em Deus desde criança, mas acaba se dividindo por todos os lados. Há pedaços de Pi espalhados em cada religião: cada parte de si simpatiza com uma crença distinta. E nessa sua indecisão, acaba tendo angústias internas por não saber o que quer; por não ter a capacidade de uma escolha definitiva. Sua indecisão o leva para vários lados, e não apenas um.

Depois de ver o filme, fiquei entusiasmada para conferir a edição com a LINDÍSSIMA capa que a Nova Fronteira publicou. A capa é realmente muito encantadora. Adorei mais do que a antiga... As Aventuras de Pi é um filme que só pelos cenários e imagens, merece ser assistido. O que dirá pelo resto.
http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=h5nJkpEvNjE

Battleship, A Batalha dos Mares

 

Assisti esse filme duas vezes, e assistiria mais uma ou duas... Ou três, quem sabe.
Battleship poderia ter uma premissa bem comum, se olharmos por um lado. Basicamente, o filme vai tratar de alienígenas invadindo o planeta. Aí você pode pensar: "ok, que coisa chata, já vi milhões de filmes desse tipo" Mas espera aí!!! Leia esses elogios comentários sobre o filme e quem sabe você não corre agora mesmo para assistir esse filme? Vem comigo!

Há alguns anos, a NASA enviou um sinal para outro planeta com a intensão de captar algum sinal de vida. Mas o que eles não esperavam era que esse sinal fosse respondido, e pior, enviasse uma pancada de alienígenas prontos para comandar o planeta. Ok, todo mundo poderia entrar em pânico se não fosse por uma esperança: a Marinha dos EUA está localizada bem no local onde eles pousam, enquanto participam de uma certa competição pacífica juntamente com a Marinha de vários países. Movidos pela curiosidade acabam indo verificar o que aquilo que pousa em alto mar significa. E, bem, talvez isso não fosse uma boa ideia. Principalmente se considerarmos que seus armamentos são muito mais potentes do que eles imaginavam...

Um filme REPLETO de ação, explosões, tiros, bombas, navios em guerra, explosões novamente, um pouquinho de romance, mais ação e risadas. Battleship é um dos meus filmes favoritos de 2012! Eu não esperava lá tanta coisa assim quando o fui assistir no cinema. Até porque naquela época já estava cansada de ouvir essa história de sermos invadidos por seres de outro planeta e fujam para as colinas. Afinal, todo mundo quer invadir a Terra. Mas não minha gente!!!!! O filme é MUITO BOM mesmo! Os efeitos especiais das explosões são o que mais conseguem prender a atenção. Sem contar o mistério que envolve suas aparições repentinas e como eles pretendem dominar todo mundo aqui

É um filme que mescla ficção científica com guerra em alto mar contra alienígenas muito bem equipados e marinheiros corajosos. As "naves" deles são muito bem feitas; o armamento é excepcional. Nos momentos onde as batalhas estão ocorrendo, é impossível piscar. Não costumo fazer avaliações de filmes, mas se fosse fazer uma, diria que esse filme seria um daqueles nota 5 que entram para a lista dos favoritos, sem titubear. A Rihanna teve uma atuação muito bem feita. Eu que não sabia que ela atuava, apesar de vê-la na decorrência do filme sempre como a Rihanna cantora, gostei muito das suas aparições, falas, bombardeios e tudo o mais. Alex Hopper (ou Taylor Kitsch, se preferir) além de ter uma bela aparência rs faz uma atuação excepcional, intercalando falas com um toque de humor e outras exalando muita coragem. Eu realmente adorei!


Filmes de ação não são os meus preferidos, mas esse, com toda a certeza, é um daqueles que foge à regra.
Battleship é um típico filme que assistimos sem esperar muita coisa, mas que acaba surpreendendo e muito.
Se eu indico? Você está esperando o que para assistir? Corre lá!
 

Até que a Sorte nos Separe

 

E depois de tanto tempo, os filmes estão de volta aqui!!!!!!!!!
O último filme nacional que eu assisti foi 2 Coelhos (que por sinal é muito bom, recomendo), e cogitei em assistir "Até que a Sorte nos Separe" depois que minha irmã chegou em casa e disse que riu muito com o filme. Ok. Uma pessoa sabe como me convencer a assistir um filme: ela simplesmente tem que dizer essas simples palavrinhas ou então que o filme é realmente assustador, que ele toma o topo da minha lista de filmes para assistir. E foi assim que fui ao cinema prestigiar a produção cinematográfica nacional.


O filme conta a história de Tino (Leandro Hansun) e Jane (Danielle Winits) que conseguem fazer duas coisas incríveis: ganhar na loteria e sustentar tal fortuna por longos 15 anos - mesmo com a chegada dos filhos! Mas como nem tudo são flores, com o passar do tempo, Tino acaba gastando todo seu dinheiro e então fica completamente quebrado, sem um centavo no bolso, pobre, pobre, pobre. Ele, que era acostumado a esbanjar luxo e riqueza por aí, se vê sem saída quando tal fato acontece. Para remediar o fato, indicam seu vizinho Amauri (Kiko Mascarenhas), um homem bastante controlador, para auxiliá-lo a cortar os gastos. Prestes a declarar a verdade sobre sua situação financeira à esposa e filhos, Tino acaba tendo a notícia da gravidez de Jane juntamente com a informação de que ela não pode passar por traumas significativos por conta da saúde e bem-estar do bebê e dela própria! Sendo assim, Tino, juntamente com seus filhos e amigos, se metem em confusões para esconder o fato de que estão completamente falidos, da esposa. E isso seria fácil se não estivéssemos falando de Jane, uma mulher que adora gastar...

Um filme divertido e gostoso de assistir. O ator Leandro Hansun dá um grande toque de humor no desenrolar do filme. Ok, já estamos acostumados com sua carinha na televisão, mas ele realmente interpreta um ótimo papel na comédia romântica, e acredito que se não fosse ele fazendo aquele papel, talvez o filme não tivesse saído tão-legal-assim. 
A atriz Danielle Winits também provoca risos em algumas cenas que aparece.  Destaque para os personagens secundários que também tiveram sua relevância na comédia e na trama em si. As enrascadas que Tino se envolve para fazer com que sua esposa não descubra tudo são, de fato, bem interessantes. Não vou dizer que são extremamente engraçadas e que eu ri demais em todas e uau, que filme! etc, etc, etc... Na verdade, não ri em 100% do filme, mas gostei bastante. Sai satisfeita do cinema, e o assistiria  novamente em outra oportunidade. Ele não é o melhor da categoria, mas... É aquele tipo de filme que te faz sair do cinema com um sorriso nos lábios e satisfação por tê-lo apreciado.

Não sei a classificação etária do filme, mas posso dizer que não há apelação sexual ou uso de drogas. A questão é que percebo que a maioria dos filmes brasileiros abordam apenas esses temas. Mas bem, não "Até que a Sorte nos Separe". Ele conta sobre um assunto possível (esse de pessoas ganharem muito dinheiro e por não saber administrá-lo, acabam perdendo tudo), mas abordado de um ângulo mais cômico. Eu indico, até porque, todo mundo riu demais no cinema, eu é que sou um pouco chatinha... Mas isso já é normal de acontecer.

Veja o trailer:http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=dAnzuTb-A8k
 

Missão Impossível — Protocolo Fantasma

 

Nome Original: Mission Impossible — Ghost Protocol
Nome no Brasil: Missão Impossível — Protocolo Fantasma
Cast: Tom Cruise, Jeremy Renner, Paula Patton, Simon Pegg, Léa Seydoux, Michael Nyqvist, Vladimir Mashkov, Samuli Edelman, Tom Wilkinson, Anil Kapoor.
Direção: Brad Bird
Gênero: Ação, Aventura e Suspense
Ano: 2011
Duração: 133 minutos

Acusado pelo bombardeio terrorista ao Kremlin, o agente da IMF Ethan Hunt é desautorizado junto com o resto da agência quando o Presidente dá início ao "Protocolo Fantasma". Deixado sem qualquer recurso ou apoio, Ethan tem que encontrar uma maneira de limpar o nome de sua agência e prevenir um outro ataque. Para complicar ainda mais as coisas, Ethan é forçado a assumir esta missão com uma equipe de colegas fugitivos da IMF cujos motivos pessoais ele não conhece completamente.

Oi pessoal, tudo bem com vocês? Espero que sim!! Essa é a primeira resenha de filme do ano, mesmo não sendo o primeiro que eu assisti em 2012 rsrs mas vamos lá... Mas, o que dizer primeiro? Bom, de início, tenho que admitir, quando cheguei ao cinema e vi os filmes que estavam em cartaz, nenhum me agradou. Eu já havia assistido "Imortais" — que eu gostei muito, menos pelo fato de eu ter ficado tanto tempo na fila da pipoca que perdi o início do filme, o que me fez ficar muito brava (mas essa já é outra história) — e os outros em cartaz tampouco me davam vontade de assistir; então, sem esperar muito quase nada do filme "Missão Impossível" (pelo trailer que eu vi na internet e que não me despertou nem um pouquinho de interesse) eu concordei em assisti-lo. E, para minha felicidade, eu estava completamente enganada. O filme é ótimo, excelente, maravilhoso, incrível!!!
Cruise ainda conta com um toque de humor no filme, que não se baseia apenas em ação, e conseguiu me fazer rir bastante. Logo eu que não gosto de filmes desse gênero/tipo, amei amei amei o filme!!
Brad Bird é o mesmo diretor de "Os Incríveis" e "Ratatouille", e me surpreendeu completamente nessa nova produção. Com cenários incríveis, Missão Impossível inicia com Ethan/Cruise atrás das grades em uma prisão na Rússia, e é liberto com auxílio de seus amigos. Presenciamos também um ataque terrorista que explode quase todo o Kremlin; passagem pelo maravilhoso e um dos maiores edifícios do mundo, em Dubai, tempestades de areia fortíssimas; Moscou, Budapeste, etc. 
Após o ataque terrorista, Ethan e sua equipe são tachados como os responsáveis pelo ato, e são caçados como criminosos. A EMF, organização pela qual trabalham, é fechada e dá-se início ao Protocolo Fantasma. Sendo assim, sem apoio nenhum e contando apenas com os equipamentos que possuem, Ethan e sua equipe terão que dar um jeitinho nas coisas, limpar a sua barra, e resolver os problemas completamente sozinhos.
Acho que para quem assistiu, uma das cenas mais incríveis e divertida também é o exato momento em que Ethan sobe um dos maiores prédios do mundo por fora, o Burj Khalifa. Dá até aquele friosinho na barriga... O filme encerra-se na Índia, repleto de ação e aventura.
Definitivamente, Missão Impossível - Protocolo Fantasma é um filme que indico para todo mundo (mesmo que você não goste de ação, etc); e com certeza o melhor do melhor do melhor da franquia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário