Olá Amigos(as),visitem minha página no Facebook e confira as Novidades!!!!!

terça-feira, 12 de março de 2013

Famosos se movimentam nas redes sociais contra cargo de pastor na Comissão de Direitos Humanos !

Marco Feliciano, que é deputado federal, já emitiu opiniões racistas e homofóbicas

Famosos se movimentam nas redes sociais contra cargo de pastor na Comissão de Direitos Humanos  - Ag.News
Publicidade
Não foi somente Xuxa quem se manifestou contra a Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) ser presidida pelo pastor Marco Feliciano, do PSC-SP. Outros famosos usaram as redes sociais para reclamar da decisão e dos comentários racistas e homofóbicos proferidos por ele.Luana Piovani, que é evangélica, não se sente representada pelo deputado federal.“Sou evangélica, mas inteligente. Não sou um fantoche. Deus é amor, generosidade. Esse aí me envergonha”, escreveu no Twitter, publicando a imagem de uma matéria de jornal sobre o deputado federal. Dira Paes também se manifestou e publicou o link da petição online que pede a saída de Feliciano da presidência da comissão e emendou que “esse homem não pode ocupar esse cargo”. Gaby Amarantos foi outra artista a compartilhar a página com o abaixo-assinado virtual.
Tico Santa Cruz, vocalista da banda Detonautas Roque Clube, escreveu para a conta do Pastor no Twitter dizendo que “a democracia vai tirá-lo deste cargo”, e que ele não representava nem os evangélicos.
O autor Aguinaldo Silva também se manifestou contra o político.
“O problema do Pastor Marco Feliciano não é ele ser evangélico: é ter opiniões que se chocam com a comissão que trata dos direitos humanos. Evangélicos são pessoas sérias, que dignificam a própria fé. O Pastor Marco Feliciano parece ser alguém que se aproveita da boa fé deles.”
Já Luciano Huck ironizou o novo cargo do deputado federal, citando o atual presidente do Irã Mahmoud Ahmadinejad.
“Se o conclave papal seguir a lógica do Congresso Brasileiro para eleger seus presidentes de comissões, é capaz do Ahmadinejad virar Papa”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário