Olá Amigos(as),visitem minha página no Facebook e confira as Novidades!!!!!

sexta-feira, 1 de março de 2013

Dois secretários pedem demissão e MEC tem novas chefias-Mercadante substitui dois secretários do Ministério da Educação


Mudança de nome ocorreu na Secretaria de Educação Superior (Sesu) e na Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (Secadi)

 

O Ministério da Educação (MEC) divulgou os nomes dos novos secretários de Educação Superior (Sesu) e de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (Secadi) da pasta. Os dois cargos ficaram vagos depois que os titulares saíram alegando motivos pessoais.
O reitor da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), Paulo Speller, assume a Sesu, no lugar de Amaro Lins. Macaé Evaristo, diretora de Políticas de Educação do Campo, Indígena e Relações Raciais do MEC, fica à frente da Secadi, em substituição a Cláudia Dutra.
Macaé Evaristo é graduada em serviço social pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Minas Gerais e mestre em educação pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Professora efetiva da rede municipal de ensino de Belo Horizonte desde 1984, ela atuou também como professora e coordenadora do programa de implantação de escolas indígenas de Minas Gerais no período de 1997 a 2004.
Paulo Speller tem graduação e mestrado em psicologia pelas universidades Veracruzana e Nacional Autônoma de México, respectivamente. É doutor em ciência política pela Universidade de Essex, no Reino Unido. Ele exerce ainda o cargo de conselheiro da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco) e integra o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (Cdes) da Presidência da República.
No fim do ano passado, o MEC já havia trocado o Secretário de Educação Básica , Cesar Callegari, que depois assumiu como secretário de Educação do município de São Paulo. No lugar dele em Brasília, ficou Romeu Weliton Caputo.

O MEC não confirmou o motivo das substituições; a data da posse dos novos secretários também não foi divulgada

 

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, decidiu substiutir dois secretários da pasta. Nesta quinta-feira, a assessoria da pasta confirmou que as secretarias de Educação Superior (Sesu) e de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (Secadi) têm novos titulares.

Macaé Evaristo, diretora de políticas de educação do campo, indígena e relações raciais do MEC, fica à frente da Secadi, em substituição a Cláudia Dutra. Paulo Speller, reitor da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) assume a Sesu, no lugar de Amaro Lins. Os motivos das substituições não foram informados.

Os novos secretários tomam posse assim que tiverem os nomes publicados no Diário Oficial da União. A data não foi divulgada. O MEC também não infomou os motivos para a substituição. 

Graduada em serviço social pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Minas Gerais, Macaé é mestre em educação pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Professora efetiva da rede municipal de ensino de Belo Horizonte desde 1984, ela atuou também como professora formadora e coordenadora do programa de implantação de escolas indígenas de Minas, no período de 1997 a 2004. Desde 2005 na Secretaria de Educação de Belo Horizonte, Macaé foi gerente de articulação da política educacional, secretária-adjunta e secretária de educação no período de 2009 a 2012.  

Paulo Speller tem graduação e mestrado em psicologia pelas universidades Veracruzana e Nacional Autônoma de México, respectivamente. É doutor em ciência política pela Universidade de Essex, do Reino Unido. De 2008 a 2010, presidiu a comissão de implantação da Unilab, instituição vinculada ao MEC, e agosto de 2010 assumiu a reitoria da instituição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário