Olá Amigos(as),visitem minha página no Facebook e confira as Novidades!!!!!

G-SUITE:Veja mais detalhes aqui!!!!!

G Suite




Olá.

Agradecemos a análise do G Suite.

Aqui estão três motivos para testar esse recurso:

  1. Você pode receber e-mails personalizados e muito mais com o Gmail for business.
  2. Ele ajuda os funcionários a cumprirem suas tarefas e colaborarem de forma mais rápida e eficiente.
  3. Milhões de pequenas e grandes empresas já mudaram para o G Suite.

Conheça aqui o G Suite!!!!

O que é o G Suite?

O G Suite é um pacote de produtividade baseado na nuvem que ajuda as equipes a se comunicar, colaborar e realizar tarefas em qualquer lugar e de qualquer dispositivo. Ele é fácil de configurar, usar e gerenciar. Assim, sua empresa pode se concentrar no que realmente importa.

Milhões de empresas em todo o mundo contam com o G Suite para aproveitar recursos como e-mail profissional, armazenamento de arquivos, reuniões por vídeo, agendas on-line, edição de documentos e muito mais.

Assista ao vídeo ou saiba mais aqui.

Veja alguns destaques:

E-mail empresarial para seu domínio

Parecer profissional conta muito e isso significa se comunicar como você@suaempresa.com. Os recursos simples e eficazes do Gmail ajudam você a desenvolver sua marca e realizar ainda mais tarefas.

Acesse em qualquer local ou dispositivo

Verifique seu e-mail, compartilhe arquivos, edite documentos, realize reuniões por vídeo e muito mais, estando no trabalho, em casa ou viajando. Você continua o trabalho de onde parou em um computador, tablet ou smartphone.

Ferramentas de gerenciamento de nível empresarial

As configurações de administrador robustas oferecem controle total sobre usuários, dispositivos, segurança e muito mais. Seus dados estão sempre com você e eles permanecem com você caso queira mudar de solução.

Inicie uma avaliação gratuita

Procurando Diversão??????????

               Procurando Diversão?????????



Então encontrou o melhor local,
e a rede social mais badalada do momento!!!!

Não acredita?????
Então confira você mesmo(a)!!!!!!

Acesse agora mesmo!!!!!!

>>>>> http://www.sccliberal.com.br/Convite.aspx?cvt=496157

Boa diversão e com certeza vão gostar demais!!!!


sábado, 16 de março de 2013

Coreia do Norte testou mísseis de curto alcance no mar do Japão

Exercício de artilharia com fogo real  junto à fronteira do Mar Amarelo, disputada com a Coreia do Sul, a 14 de Março / Reuters

As forças armadas da Coreia do Norte dispararam hoje mísseis de curto alcance no Mar do Japão, informou hoje a agência noticiosa sul-coreana Yonhap, numa altura de tensão crescente após o recente teste nuclear de Pyongyang.

 

Uma unidade das forças armadas norte-coreanas testou o lançamento dos  mísseis, que se presumem ser KN-02 e que se estima terem um alcance de 120  quilómetros. 
"O lançamento foi visto como um teste à capacidade da Coreia do Norte  no lançamento de mísseis de curto alcance", dissse fonte das forças armadas  sul-coreanas, acrescentando que o teste foi feito por uma unidade do exército  e não a nível nacional. 
Os ensaios militares ocorreram um dia após o líder da Coreia do Norte,  Kim Jong-un, ter supervisionado um exercício de artilharia com fogo real  junto à fronteira do Mar Amarelo, disputada com a Coreia do Sul. 
A área tem sido centro de conflitos sangrentos entre Norte e Sul, com  algumas das mais elevadas tensões militares dos últimos anos, sendo visto  como local estratégico para um novo confronto entre os dois países. 
Kim fez na semana passada uma visita de inspeção às mesmas unidades  de artilharia, que foi amplamente coberta pela televisão estatal e pela  Agência Central de Notícias da Coreia (ACNC). 
A Coreia do Norte ameaçou desencadear uma segunda Guerra da Coreia -  com uso de armas nucleares - em resposta às sanções da ONU impostas após  o seu terceiro teste atómico em fevereiro e às manobras militares da Coreia  do Sul com os Estados Unidos. 
Até agora a fronteira terrestre e marítima que divide as duas Coreias  manteve-se calma, embora tensa, com o Sul a classificar as ameaças norte-coreanas  como uma tentativa de colocar "pressão psicológica" sobre Seul. 
Lusa

Nenhum comentário:

Postar um comentário