Olá Amigos(as),visitem minha página no Facebook e confira as Novidades!!!!!

sábado, 23 de março de 2013

Bombeiro Albucacys: de celebridade a comandante de equipes de resgate em Petrópolis Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/rio/bombeiro-albucacys-de-celebridade-comandante-de-equipes-de-resgate-em-petropolis-7902258#ixzz2OOXaGw4X © 1996 - 2013. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Ele ficou famoso após posar sem camisa em calendário que tinha como madrinha Luma de Oliveira

Albucacys em dois momentos: no calendário feito em 2003 (esq.) e durante as buscas por vítimas das chuvas em Petrópolis (dir.) Foto: Divulgação (esq.)/Bruno Gonzalez- Extra (dir.) / . 
Albucacys em dois momentos: no calendário feito em 2003 (esq.) e durante as buscas por vítimas das chuvas em Petrópolis (dir.) Divulgação (esq.)/Bruno Gonzalez- Extra (dir.) / .

RIO - Em meio ao lamaçal que cobre as ruas de Petrópolis, um coronel do Corpo de Bombeiros que fez fama há uma década posando sem camisa num calendário — que tinha como madrinha a então esposa do empresário Eike Batista, Luma de Oliveira —, trabalha incógnito. Quase irreconhecível, o tenente coronel José Albucacys Júnior, atual comandante do Grupamento de Busca e Salvamento da Barra da Tijuca, desde segunda-feira vem liderando uma das equipes de resgate que buscam por vítimas das chuvas na Região Serrana.
Quem acompanha os trabalhos em Petrópolis não consegue imaginar que o bombeiro sério, que faz questão de frisar aos curiosos seu posto de tenente coronel na corporação, arrancou suspiros após posar para o calendário ‘Heróis do Rio’ 2003, cuja renda seria revertida para o Retiro dos Artistas.
Do alto de seus 1,80 metro de altura, o oficial de olhos azuis virou celebridade também por conta de fofocas sobre supostas trocas de mensagens com Luma. À época, o bombeiro tinha 27 anos e, apesar dos rumores, nada nunca foi provado.
A polêmica, negada pela modelo, ficou ainda mais em evidência após o anúncio da prisão administrativa do então garoto-propaganda dos bombeiros. O motivo: dar declarações públicas sem autorização da corporação. Na época, Albucacys e outros bombeiros ajudavam a vender os calendários em disputadas tardes de autógrafos no Rio.
Um ano depois, ele brincou com o caso ao desfilar pela Mocidade como o conquistador Casanova. Hoje, aos 36 anos, deixou a fama de lado, mas continua incendiando a imaginação de muita gente. Desta vez, como um herói da serra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário