Olá Amigos(as),visitem minha página no Facebook e confira as Novidades!!!!!

quarta-feira, 6 de março de 2013

Após Wand no Japão, mais nostalgia: Shogun x Minotouro

Veteranos marcam revanche; o primeiro duelo, em 2005, foi luta inesquecível

Shogun, o vencedor do primeiro duelo com Minotouro, entra na Saitama Super Arena durante evento do Pride, na década passada
Maurício Shogun, o vencedor do primeiro duelo com Minotouro, entra na Saitama Super Arena durante evento do Pride, na década passada (Tomokazu Tazawa/Getty Images)
Os brasileiros duelaram nas quartas de final do grand prix Pride Critical Countdown, em 26 de junho de 2005, na Saitama Super Arena - justamente o ginásio onde Wanderlei lutou no fim de semana
Os chefões do UFC sempre deixam muito claro que sua prioridade é conquistar novos fãs para aumentar sua popularidade ao redor do mundo, roubando seguidores de modalidades mais consagradas. Isso não quer dizer, porém, que não exista a preocupação de atender aos fãs mais antigos do MMA. No fim de semana, Wanderlei Silva fechou uma noitada de lutas no Japão - tudo graças ao seu passado glorioso no Pride, já que, se dependesse do atual momento do atleta, ele dificilmente estaria no topo do card principal num evento da franquia. Nesta semana, o UFC marcou mais um combate que deverá agradar bastante quem seguia o extinto torneio japonês. Conforme revelou um dos auxiliares de Dana White na terça-feira, Maurício Shogun Rua e Antonio Rogério Nogueira, o Minotouro, deverão se reencontrar em 15 de junho, no UFC 161, em Winnipeg, no Canadá.
Leia também:
UFC no Japão: Wanderlei arrasa americano e levanta torcida'Gordinho' de 1,77 metro quebra maxilar de gigante; assistaAnderson Silva chama Chris Weidman, 28 anos, de 'criança'
UFC 157: Ronda Rousey brilha, finaliza sua rival e faz históriaDepois de sucesso de Ronda Rousey, brasileira é contratadaConfira a entrevista exclusiva com Anderson Silva nos EUA
Eles fizeram uma das lutas mais inesquecíveis da história do MMA nas quartas de final do grand prix Pride Critical Countdown, em 26 de junho de 2005, na Saitama Super Arena - justamente o ginásio onde Wanderlei lutou no fim de semana. O combate durou três rounds, numa briga que ficou ainda mais quente por causa da enorme rivalidade entre as equipes Chute Boxe (de Shogun) e Brazilian Top Team (de Minotouro). Shogun levou a melhor na decisão dos juízes e ainda venceu mais duas lutas para sair como campeão do evento. O card do UFC 161, aliás, deverá ser um prato cheio para os fãs de longa data do MMA. Outra luta prevista para o evento é o encontro entre Dan Henderson (outro nome de destaque no Pride) e Rashad Evans.

Acompanhe VEJA Esporte no FacebookSiga Veja Esporte no Twitter

UFC: saiba o que vem por aí em 2013

Confira quais eventos estão na agenda da maior franquia de MMA do mundo

1 de 7

Georges St-Pierre x Nick Diaz

Georges St-Pierre defenderá seu cinturão dos meio-médios em Montreal, lutando contra Nick Diaz em 16 de março. O próximo rival do vencedor pode ser conhecido na mesma noite. Carlos Condit enfrenta Johny Hendricks, que também está cotado para disputar o cinturão no futuro.





Comentários

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais(e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluidos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.
» Conheça as regras para aprovação de comentários no site de VEJA

Nenhum comentário:

Postar um comentário