Olá Amigos(as),visitem minha página no Facebook e confira as Novidades!!!!!

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Embaixador apresenta políticas do governo para os brasileiros residentes no Japão


Encontro em Tóquio discutiu pensões alimentícias, divórcio no exterior e retorno de quem usou o subsídio do governo japonês para voltar ao Brasil

 

A volta ao Japão dos brasileiros que, na época das demissões em massa, utilizaram o subsídio do retorno, a questão das pensões alimentícias e dos processos de divórcio. Estes foram alguns dos assuntos comentados no encontro com o subsecretário-geral das comunidades brasileiras no exterior, Sérgio Danese realizado no sábado (23) na embaixada do Brasil em Tóquio.
Danese já se reuniu o governo japonês, a comunidade brasileira e os consulados. “Nós viemos ao Japão porque o país é uma grande prioridade do nosso serviço consular. Ele é uma espécie de síntese de todos os desafios, de todas as necessidades que enfrentamos em matéria consular porque tem uma grande comunidade brasileira. Ele apresenta uma espécie de síntese de tudo aquilo que nós temos que fazer em matéria de assistência consular, de concessão de vistos de trabalho consular em geral”, afirma.
No encontro, ele comentou sobre temas que estão sendo tratados com o governo japonês como a questão do visto. “Nós pedimos, temos insistidos com as autoridades japonesas para que facilitem na questão da concessão de vistos para turistas brasileiros que vem ao Japão. Portanto, não só necessidade da comunidade que vive no Japão, mas brasileiro em geral que vem ao Japão”.
O professor Ângelo Ishi, da Universidade Musashi, aproveitou a oportunidade para falar sobre os brasileiros que utilizaram o subsídio do governo japonês para retornar ao Brasil na época das demissões em massa. E o embaixador Danese revelou que já tem uma reunião marcada com a embaixada do Japão em Brasília (DF) para discutir esse assunto.
Já a presidente da Associação das Escolas Brasileiras no Japão (AEBJ), Maria Shizuko Yoshida, prestou muita atenção na parte em que se falou sobre a adaptação das crianças nas escolas japonesas e a necessidade de apoio psicológico. “Me deixa satisfeita ouvir que esta questão foi levantada, que foi ouvida e a expectativa de que surja uma medida para atender a essa necessidade”, comenta.
Questões como as pensões alimentícias e as dificuldades do processo de divórcio também foram levantadas. E segundo o subsecretário, já existe um projeto no congresso que propõe a realização do divórcio de brasileiros no exterior pelo consulado. Essa proposta sobre a qual o embaixador Sérgio Danese comentou é do deputado Walter Ihoshi. O embaixador Sérgio Danese esteve segunda-feira (25), em Hamamatsu (Shizuoka) e depois do Japão, ele segue para a China.


Nenhum comentário:

Postar um comentário