Olá Amigos(as),visitem minha página no Facebook e confira as Novidades!!!!!

quinta-feira, 26 de junho de 2014

"Meiwaku": espírito japonês vai além de limpeza e inspira brasileiros

Gesto de recolher lixo das arquibancadas é parte de conceito de não querer causar incômodo aos outros; torcedores brasileiros prometem repetir comportamento

Civilidade, boa educação e consciência ambiental são algumas definições para a atitude da torcida japonesa que recolheu o lixo produzido por eles durante os jogos da Copa do Mundo no Brasil. Mas para os nipônicos, esse gesto é apenas parte de um conceito maior. O que está por trás é o espírito de não querer causar incômodo a outras pessoas: o “meiwaku”. Se o Japão volta para casa sem conseguir a classificação às oitavas de final no Mundial, a mensagem deixada por seus torcedores deverá render muitos frutos ao torcedor brasileiro.
 
- Agora sempre que eu vier ao estádio, vou trazer meu saco de lixo e recolher tudo o que eu deixar - disse a torcedora Crisley Brito.
 
O japonês Kazutoshi Shibuki, que esteve em Cuiabá para acompanhar os jogos dos Samurais Azuis, explicou o sentido do “meiwaku”.
 
- Retirar o seu próprio lixo é apenas uma pequena fração desse estilo de vida que leva em consideração o bem estar do próximo, do desejo até obstinado de não querer dar trabalho ou preocupação para quem vem depois – contou o torcedor do Albirex Niigata, time que disputa o Campeonato Japonês.
 japoneses juntando lixo na Arena Pantanal (Foto: Henrique Shuto)Japoneses levaram seus sacos de lixo para recolher o lixo após a partida (Foto: Henrique Shuto)

 Se para alguns brasileiros, pouco importa se o volume alto do som pode incomodar o vizinho ou se o local onde o carro fica estacionado pode prejudicar o trânsito, para o japonês, tal comportamento é tido como inadmissível.  Causar “meiwaku”, mesmo que involuntariamente, é tão sério que geralmente precisa ser reparado com pedido de perdão. No Japão, por exemplo, políticos que falham costumam pedir desculpas pelo “meiwaku” causado. Há casos mais extremos, em que estudantes que não conseguem aprovação em universidades cometem suicídio por causa do “meiwaku” causado aos pais.
 
"Balões" azuis
 
Levar sacos plásticos de lixo para os estádios já virou hábito dos torcedores japoneses, mas eles descobriram uma forma criativa de apoiar seu time com isso. Durante os jogos, eles transformam o saco em balão, dando um colorido especial às arquibancadas.
 
O comportamento do nipônico nos estádios chamou a atenção dos brasileiros nos dois primeiros jogos do Japão, na Arena Pernambuco e na Arena das Dunas. Em Cuiabá, não foi diferente. Entre os mais de 40 mil torcedores presentes na Arena Pantanal, teve gente que repetiu o gesto de recolher o lixo, como o torcedor Rodolfo Araújo.
 
- Nós brasileiros precisamos aprender com o exemplo dos japoneses – disse, com o saco de lixo na mão.
 japoneses juntando lixo na Arena Pantanal (Foto: Henrique Shuto)Atitude contagiou brasileiros e colombianos que estavam na Arena Pantanal (Foto: Henrique Shuto)

Nenhum comentário:

Postar um comentário