Olá Amigos(as),visitem minha página no Facebook e confira as Novidades!!!!!

G-SUITE:Veja mais detalhes aqui!!!!!

G Suite




Olá.

Agradecemos a análise do G Suite.

Aqui estão três motivos para testar esse recurso:

  1. Você pode receber e-mails personalizados e muito mais com o Gmail for business.
  2. Ele ajuda os funcionários a cumprirem suas tarefas e colaborarem de forma mais rápida e eficiente.
  3. Milhões de pequenas e grandes empresas já mudaram para o G Suite.

Conheça aqui o G Suite!!!!

O que é o G Suite?

O G Suite é um pacote de produtividade baseado na nuvem que ajuda as equipes a se comunicar, colaborar e realizar tarefas em qualquer lugar e de qualquer dispositivo. Ele é fácil de configurar, usar e gerenciar. Assim, sua empresa pode se concentrar no que realmente importa.

Milhões de empresas em todo o mundo contam com o G Suite para aproveitar recursos como e-mail profissional, armazenamento de arquivos, reuniões por vídeo, agendas on-line, edição de documentos e muito mais.

Assista ao vídeo ou saiba mais aqui.

Veja alguns destaques:

E-mail empresarial para seu domínio

Parecer profissional conta muito e isso significa se comunicar como você@suaempresa.com. Os recursos simples e eficazes do Gmail ajudam você a desenvolver sua marca e realizar ainda mais tarefas.

Acesse em qualquer local ou dispositivo

Verifique seu e-mail, compartilhe arquivos, edite documentos, realize reuniões por vídeo e muito mais, estando no trabalho, em casa ou viajando. Você continua o trabalho de onde parou em um computador, tablet ou smartphone.

Ferramentas de gerenciamento de nível empresarial

As configurações de administrador robustas oferecem controle total sobre usuários, dispositivos, segurança e muito mais. Seus dados estão sempre com você e eles permanecem com você caso queira mudar de solução.

Inicie uma avaliação gratuita

Procurando Diversão??????????

               Procurando Diversão?????????



Então encontrou o melhor local,
e a rede social mais badalada do momento!!!!

Não acredita?????
Então confira você mesmo(a)!!!!!!

Acesse agora mesmo!!!!!!

>>>>> http://www.sccliberal.com.br/Convite.aspx?cvt=496157

Boa diversão e com certeza vão gostar demais!!!!


segunda-feira, 23 de junho de 2014

Inverno sem gripe para os animais de estimação

Os casos de gripe canina e felina são as principais ocorrências registradas neste período de clima seco, quando as clínicas e hospitais veterinários registram aumento de 30% nos atendimentos

MARIA LUISA BARROS
Rio - A chegada da estação mais fria do ano, que começou neste fim de semana, traz com ela ataques de tosse e espirros. São as alergias muito comuns em humanos, mas que também podem afetar os animais domésticos.
Esta é a pior época para aqueles que sofrem com doenças respiratórias, alérgicas e dores nas articulações, como artrose e artrite. Os casos de gripe canina e felina são as principais ocorrências registradas neste período de clima seco, quando as clínicas e hospitais veterinários registram aumento de 30% nos atendimentos.

Cuidado deve ser maior com animais idosos que são mais sensíveis a doenças respiratórias
Foto:  Divulgação

Por causa das baixas temperaturas, os bichinhos acabam frequentando locais fechados e com pouca circulação de ar. Com isso, fica mais fácil a transmissão de vírus e bactérias causadores de infecções alérgicas.
Nos gatos, os sintomas da gripe são secreção nasal, febre, perda de apetite e tosse. Para evitar a desidratação, o ideal é manter uma dieta equilibrada e a ingestão de bastante líquido.
Peludos que costumam ficar em espaços com grande aglomeração de animais, como canil, gatil, creches para filhotes, hotéis, pet shops e parques, estão mais sujeitos às doenças alérgicas. Entre os cães, a maior preocupação é com a tosse dos canis. Os sintomas são semelhantes aos dos gatos, mas se caracteriza principalmente pelo fato de a tosse não passar.
De acordo com o veterinário alergista Alberto David Cohen, da clínica Black Tie, em Ipanema, a melhor maneira de prevenir é manter a vacinação em dia, incluindo a proteção contra a tosse dos canis e evitar o contato com animais que possam estar doentes. “Nos animais idosos, todo cuidado é pouco, já que a gripe, se não for tratada a tempo, pode evoluir para uma pneumonia”, diz.
Segundo Cohen, os filhotes também são afetados, pois não possuem o sistema de defesas do corpo totalmente desenvolvido. “Eles precisam de mais cuidados”, recomenda o especialista.
O alergista explica que as doenças nas articulações podem ser tratadas com acupuntura e fisioterapia, além de anti-inflamatórios para aliviar as dores. “É difícil prevenir. O importante é manter o animal aquecido e protegido do frio. Se perceber que ele está abatido, mancando e evitando sair para passear, procure o veterinário”, orienta Cohen.
Cuidados
Alguns cuidados podem ajudar a previnir as doenças respiratórios e articulares do seu bichinho durante o inverno. A primeira coisa a fazer é mater o animal em local protegido do frio e do vento. Se ficar fora de casa, no quintal, providencie uma casinha com cobertores.
Nos dias mais frios, diminua os passeios ao ar livre. Se tiver chovendo, então, o melhor mesmo é ficar em casa, bem quentinho. Se o seu cão precisar sair para fazer suas necessidades, procure levá-los nos horário mais quentes do dia, entre 11h e 15h.
Nos dias congelantes, evite dar banho no seu pet. Nessa época não é necessário que ele seja lavado com a mesma frequência do verão. Enxágue o animal com água morna e seque bem os pelos com secador.

Garanta que todas as vacinas estejam em dia e procure não deixá-lo em ambientes fechados com muitos animais, pois ele pode pegar uma gripe.
Alguns animais sentem muito frio. Por isso, coloque roupinhas bem quentinhas para aquecê-lo.

Gripe inimiga dos bichos

Cães e gatos sofrem muito na época do frio. Especialista explica como cuidar do seu bichinho de estimação nesse período crítico para a saúde do animal
Nessa época do ano, devido ao clima seco, ambientes fechados sem ventilação e ao frio, os animais de estimação como cães e gatos são mantidos juntos e em lugares fechados, o que facilita a transmissão dos agentes da gripe. Por isso, os profissionais de canis, pet shops e proprietários de animais precisam tomar algumas prevenções para evitar a transmissão de micro-organismos causadores de doenças entre os animais.
Cães e gatos podem sofrer de doenças parecidas com a gripe humana, com sintomas como secreção nasal, tosse e espirros. Em situações como essa é preciso ficar atento aos primeiros sintomas apresentados pelos bichinhos. A veterinária, mestranda em Ciência Animal pela UFG, Layla Lívia Queiroz dá dicas de como proporcionar cuidados especiais nesta época do ano.
Layla assegura que não é preciso muito para evitar os problemas comuns da época, sendo que uma das primeiras medidas para se evitar doenças como as respiratórias é a vacinação. "A vacinação ainda é o melhor processo para proteger os pets, para os cães recomendamos a vacina contra traqueobronquite, tosse dos canis", recomenda.
Roupas
Layla acrescenta que, além disso, é essencial proteger os pets do frio, não os expondo ao vento e à chuva, bem como preparar um bom abrigo para eles dormirem. "A cama do animal deve ser mantida em lugar protegido do vento e da chuva", ressalta. O uso de roupinhas é variável para cada caso. "No caso de animais de pelos longos, evite tosas curtas e animais de pelo curto usar roupas", sugere.
Há animais que já estão bem protegidos dentro de casa e não sentem frio, sendo desnecessário o uso de roupinhas. Mas Lívia assegura que é importante salientar que o bicho não deve ser exposto a vento à noite sem proteção. Assim como evitar banhos em dias muito frios e diminuir a frequência dos mesmos. "Se for dar banho, dê com água morna e seque bem com o secador", explica.
Quanto aos cuidados especiais com os animais idosos e filhotes, a veterinária destaca que os cuidados devem ser maiores. "Os cuidados devem ser maiores, porque quando filhotes ou idosos eles têm dificuldades na regulação da temperatura corporal", pontua.

confira as dicas para cuidar de seus animais de estimação

BANHOS - O ideal é evitar banhos em dias muito frios devido à dificuldade de deixar o animal completamente seco após o banho, o que faz com que a sensação de frio seja maior. Caso seja necessário, use água morna e seque muito bem.
ROUPAS - As roupas e os cobertores ajudam a diminuir a sensação de frio, principalmente nos animais que passam o inverno do lado de fora da casa. O uso das roupinhas pode ser feito caso o animal esteja sentindo frio, neste caso, ele fica encolhido e tremendo. No entanto, deve-se tomar cuidado na escolha da roupa: ela deve ser confortável e de fibras naturais, de preferência.
PELOS - É verdade que os pelos ajudam a reter calor. Mas existem animais com pelo curto que não sentem necessariamente mais frio no inverno.
VACINAS - Mantenha a carteira de vacinação do seu pet sempre atualizada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário