Olá Amigos(as),visitem minha página no Facebook e confira as Novidades!!!!!

domingo, 20 de abril de 2014

Conheça os diferentes tipos de tosa para pets

Entenda as técnicas de tosa em cachorros e os propósitos específicos de cada uma delas

 

Mesmo com a grande propagação de produtos e serviços do mercado pet, ainda hoje muitas pessoas acreditam que a tosa de cães é um processo pura e simplesmente estético, e essa afirmação não poderia estar mais afastada da realidade, já que o principal propósito da tosa em cães é o de manter a higiene dos cachorros (e, consequentemente, a saúde deles). 
Embora haja diferentes tipos de tosa e, em alguns casos, os donos levem seus pets para a realização desse processo somente para deixa-los mais ‘fofinhos’, o real objetivo do procedimento é manter a limpeza e a segurança dos cães – que podem acabar sofrendo acidentes corriqueiros em função do crescimento exagerado da sua pelagem ou das suas unhas.
Podendo se enroscar na patinha dos cães e ficar sob os coxins (almofadinhas da sola das patas caninas) do animal, a pelagem comprida demais pode ocasionar escorregões do pet – causando machucados que podem variar desde uma queda ‘boba’ até a fratura de algum membro. Da mesma forma, o crescimento exagerado das unhas do bichinho de estimação também pode fazer mal para ele, já que, conforme o tamanho, as unhas podem causar bastante incômodo no pet quando ele anda, prejudicando sua mobilidade e provocando machucados na região. 
Dito isso, fica claro que, seja qual for o seu objetivo quando leva o seu pet para a realização do processo, a tosa é um processo que deve fazer parte da vida dos amigos de estimação, permitindo que eles continuem saudáveis e fiquem longe de acidentes e do acúmulo de sujeiras na pelagem (que podem causar uma série de complicações, como as dermatites). Confira, a seguir, os diferentes tipos e técnicas de tosa mais comuns no mercado de hoje:
publicidade
Tosa higiênica
Tendo a limpeza e a segurança do pet como principal objetivo, a tosa higiênica é focada nas partes do corpo do animal que tenham uma tendência maior a acumular sujeiras e causar acidentes. A área genital, das patas e da barriga, têm seus pelos aparados, impedindo que ali se instalem resquícios de fezes ou sujeiras diversas. As unhas do animal são cortadas.
Tosa bebê
Indicada para cães de raças com pelagem bem comprida (como lhasa apso, maltês e yorkshire, entre outras), a tosa bebê deixa o animal com sua pelagem similar à dos filhotes – com comprimento aproximado de dois dedos – evitando que os fios enrolem ou possam apresentar perigo para a mobilidade do pet.
Tosa na máquina
Feita com uma máquina especial (que é diferente da usada para cortes de cabelo de humanos), a tosa na máquina apara os pelos do pet sendo passada na direção em que ele cresce no seu corpo. Podendo ser ajustada para diferentes comprimentos por meio da troca de lâminas, essa tosa também pode contar com acabamentos especiais, feitos com tesouras.
Tosa na tesoura
Recomendada para cães de pelagem média ou longa, a tosa na tesoura também é tida como a opção ideal para pets que apresentem algum tipo de alergia às lâminas das máquinas de tosa ou que fiquem muito estressados com o barulho que ela faz. Embora o processo demore um pouco mais, a sua eficiência é a mesma, e o acabamento da pelagem fica com uma aparência mais natural e suave.
Seja qual for o tipo de tosa escolhido para o seu pet, é importante lembrar que esse processo não deve ser feito por conta própria (a menos que você tenha experiência no assunto), já que pessoas despreparadas podem acabar machucando o animal durante o procedimento. 
Acesse o link a seguir e saiba onde encontrar empresas que prestam serviços de tosa em cães.
Matéria validada pela Dra. Raquel Madi (CRMV – SP 20.567), Médica Veterinária formada pela Universidade Estadual de Londrina – PR e responsável pelo setor de Radiologia, Ultrassonografia e Ressonância Magnética em Hospital Veterinário de São Paulo. Dra. Madi é integrante da equipe de veterinários do portal CachorroGato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário