Olá Amigos(as),visitem minha página no Facebook e confira as Novidades!!!!!

segunda-feira, 6 de maio de 2013

Projeto voluntário oferece terapias e atividades assistidas com animais de estimação

Pedrinho abraça seu amigo Shark. Foto: Letícia Kumegawa
Menino abraça seu amigo Shark. Foto: Letícia Kumegawa
Idealizado pela veterinária Letícia Castanho, o projeto Amigo Bicho, de terapia e atividade assistida, procura beneficiar pessoas com o uso de animais de estimação de voluntários, com o objetivo de melhorar a autoestima de pessoas com necessidades especiais.
Estudos científicos comprovam que a interação com animais libera hormônios como endorfina, febilatamina e ocitocina, o que faz com que o efeito de cortisol – hormônio relacionado ao estresse – seja diminuído, causando uma sensação de bem-estar. 
Por isso, a Terapia ou Atividade Assistida por Animais (T/AAA) é uma técnica eficaz na socialização de pessoas e no auxílio terapêutico de pacientes de diversas entidades.
Para participar do projeto, o animal deve passar por uma avaliação comportamental e de socialização, além de ser avaliado por veterinários. A avaliação é agendada, e o dono do cão recebe as informações necessárias para sua participação. O último passo é fazer uma visita experimental à instituição escolhida. Após essa visita, estará apto a participar do projeto.
O projeto é levado para diversas instituições de saúde, tais como o Hospital Psiquiátrico Nossa Senhora da Luz, a Associação Paranaense dos Portadores de Parkinson (APPP) e o Instituto Paranaense de Cegos.
Na última quarta-feira (24), o Projeto Amigo Bicho fez uma visita à Associação Mantenedora do Centro Integrado de Prevenção (AMCIP), que fornece apoio educativo a crianças com necessidades especiais.
Durante a atividade, as crianças têm a possibilidade de tocar nos animais, escová-los, passear com eles na coleira. Essas ações estimulam a coordenação motora, alivia o estresse, e é visível a felicidade que toma conta dessas crianças.
Os cães têm uma capacidade incrível de criar afeto com as pessoas; quando se trata de crianças essa capacidade é maior ainda. O objetivo de entreter, aliviar a tensão e divertir, ao mesmo tempo estimulando, é alcançado com êxito. O projeto tende a ter maior visibilidade e com isso ganhar cada vez mais voluntários, afinal esse trabalho é uma iniciativa que deve ter vida longa, pois traz muitos benefícios.
Confira a galeria de imagens da visita do projeto à AMCIP.



Nenhum comentário:

Postar um comentário