Olá Amigos(as),visitem minha página no Facebook e confira as Novidades!!!!!

domingo, 3 de março de 2013

Bichos mimados fazem qualquer coisa para conseguir o que querem

Reprodução/BuzzFeed
Quando os bichinhos querem alguma coisa de nós, fazem de tudo para conseguir. Esse gatinho aí tá usando até o próprio irmão para ganhar um novo arranhador!

— Meu irmão quer tanto que tá quase chorando. Olha a cara dele. Olha!
 Reprodução/BuzzFeed
Fala a verdade, você não daria um pedaço para ele? Olha essa carinha!

— Só uma lasquinha, vai!
 Reprodução/BuzzFeed
Esse gato não quer nem saber. Partiu para a agressão!

— Eu estou falando sério. Ou você me dá uma caixa de areia mais bonita ou o chinelo vai sofrer!
 Reprodução/BuzzFeed
Alguns usam frases manjadas, mas vai que cola, não é?

— Eu já te disse como você está lindo hoje? Dá aqui um abraço, vai!
 Reprodução/BuzzFeed
Alguns fazem até chantagem emocional!

— Poxa, você disse que nos levaria para passear. Até parece que você não nos ama mais!
 Reprodução/BuzzFeed
Se você não dá atenção a eles, então... pode esperar!

— Você ouviu o que eu disse? Ouviu nada, continua com esses joguinhos!
 Reprodução/BuzzFeed
Vale apelar para os sentimentos mais profundos dos seres humanos.

— Não tem nem um pouquinho de nozes velhas para me dar? O frio está muito forte!
 Reprodução/BuzzFeed
De vez em quando, as coisas ficam fora de controle.

— É só dar a bolinha pra gente que o bebê não se machuca!
 Reprodução/BuzzFeed
Qualquer tipo de sentimentalismo é usado como arma.

— Olhe dentro do seu coração! Você sabe que não fui eu quem comeu suas meias!
 Reprodução/BuzzFeed
Que tal presentear para ganhar coisas em troca?

— Esqueça aquele passeio que eu queria fazer. Hoje a noite é sua!
 Reprodução/BuzzFeed
Sério, eles acham que a gente vai se vender por qualquer coisa.

— Não fui eu que cozinhei, mas é com muito amor!
 Reprodução/BuzzFeed
De vez em quando eles conseguem o que querem. Tá, todas as vezes!

— Meu coração é todo seu!
 Reprodução/BuzzFeed
Às vezes, o melhor a ser feito é assumir os erros para tentar conseguir sensibilizar.

— Eu me rendo. Fui eu que destruí o sofá. Fui eu! Você me perdoa, né?

Nenhum comentário:

Postar um comentário