Olá Amigos(as),visitem minha página no Facebook e confira as Novidades!!!!!

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Ministro da Educação agenda participação na formatura de professores no Japão

Em reunião nesta segunda-feira (18) com o Ministro da Educação, Aloízio Mercadante, em Brasília, a reitora da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Maria Lúcia Cavalli Neder, convidou-o para a cerimônia de colação de grau de professores brasileiros no Japão. “Ele pediu para incluir a participação em sua agenda”, adianta a reitora. A formatura dos 150 alunos do curso de Pedagogia a distância oferecido pela UFMT será no mês de agosto.
O projeto de formação de professores é desenvolvido por meio do Acordo Brasil-Japão. Iniciado em 2009, é ministrado pela UFMT em parceria com a Universidade Tokai. O curso de pedagogia é dirigido a professores brasileiros sem graduação ou com formação diferente daquela em que trabalham.
A reitora Maria Lúcia informa que foi feito convite para a colação de grau, também ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que durante sua gestão solicitou à UFMT a oferta desse curso, que beneficia diretamente a comunidade brasileira no Japão.
Foi tratado, ainda, na reunião com o ministro, do projeto de pesquisa sobre violência na escola, a ser desenvolvido pela UFMT e o Conselho Federal de Psicologia.
Medicina e engenharias
Também ontem, a reitora da UFMT reuniu-se com o secretário Executivo do Ministério da Educação, José Henrique Paim, tendo como pauta os novos cursos de Medicina e o Campus de Várzea Grande. “Ficou definida a implantação da Medicina em Sinop e Rondonópolis para o primeiro semestre de 2014 e do Campus de Várzea Grande para o segundo semestre de 2014”, diz Maria Lúcia. A UFMT vai oferecer 60 vagas de Medicina em Sinop e 40 em Rondonópolis e no Campus de Várzea Grande serão abertos cursos das áreas de Engenharia.
Dentro do cronograma de implantação dos cursos de Medicina, informa, já está incluído o concurso, no segundo semestre de 2013, para 24 vagas de docentes, sendo 12 para Sinop e 12 para Rondonópolis. No total estão disponíveis 60 vagas para cada um desses campi, para contratação de professores devendo ser realizados concursos em 2014 e 2015. “Para o Campus de Várzea Grande serão liberadas vagas ainda este ano”, afirma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário