Olá Amigos(as),visitem minha página no Facebook e confira as Novidades!!!!!

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Segundo jornal, Microsoft investiu alguns milhões na Cyanogen


Cyanogen é a plataforma perfeita para ajudar os usuários do sistema Android, mas agora ela está muito perto do inimigo. Há aquele ditado conhecido, “fique perto dos seus amigos, e ainda mais perto dos seus inimigos”; é exatamente isso que a Microsoft está fazendo, a nova estratégia da empresa pode ser atacar a Google pelas beiradas.
De acordo com informações do The Wall Street Journal , a companhia de Bill Gates está investindo na Cyanogen. Aparentemente a Microsoft se assumiu como investidora minoritária da companhia que oferece serviços aos usuários de Android, o sistema operacional móvel concorrente do Windows Phone. Até o momento a empresa já arrecadou 100 milhões, um bom fundo para começar seu crescimento.
Certamente a Microsoft prefere que os usuários escolham aparelhos com Windows Phone, em vez de Android. Porém, a plataforma da Google não é a única concorrente, a Apple também está na jogada; e provavelmente é melhor estar do lado de alguém na batalha, parece que a empresa de Bill Gates escolheu seu lado.
Há uma suspeita de que o sistema operacional da Cyanogen comece a entregar versões com o Bing, em vez do buscador da Google. Tudo isso ainda é rumor, então não podemos confirmar nenhuma das teorias.
O interessante é, a Microsoft é uma gigante da área de tecnologia e faz investimento em diversas companhias, porém esse tipo de escolha não é realizada do dia para a noite. Provavelmente a empresa irá revelar seus planos sobre o investimento em breve.
cyanogen
Apesar de ter seu próprio sistema operacional móvel, a Microsoft estaria colocando dinheiro na marca responsável por um concorrente. Segundo fontes ouvidas pelo Wall Street Journal , a empresa liderada por Satya Nadella estaria interessada em investir na Cyanogen, startup que cuida do popular CyanogenMod, versão alternativa ao Android do Google.
No entanto, de acordo com uma das pessoas consultadas pelo WSJ, o dinheiro da MS seria apenas uma pequena parcela de uma grande rodada de investimentos na pequena empresa, que hoje tem 80 funcionários. Esse total giraria em torno dos 70 milhões de dólares, e viria de um grupo de companhias interessadas no rumo que a Cyanogen está decidida a tomar.
Mais para o começo desta semana, a startup revelou que tem planos de criar uma versão do Android realmente aberta, sem a influência do Google. O objetivo é fazer com que outras empresas tirem proveito do código aberto e consigam, por exemplo, desenvolver aplicações como o Google Now, que funcionam totalmente integradas à plataforma.
O CyanogenMod ainda não proporciona esse tipo de liberdade justamente por ainda ter certo suporte da gigante de buscas. Como não é totalmente modificado (ao contrário do sistema da Amazon), o SO móvel ainda oferece acesso à Play Store e a apps como o Gmail e o Drive.
Esses privilégios devem ser perdidos como os novos rumos que a marca pretende tomar. Justamente por isso, a meta ainda envolve lançar uma loja de aplicativos própria e firmar parcerias. E esse possível investimento vindo da Microsoft – que lançou, nas últimas semanas, novas e boas versões do Office e do Outlook para Android – pode muito bem ser um sinal de que esses acordos têm boas chances de acontecer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário