Olá Amigos(as),visitem minha página no Facebook e confira as Novidades!!!!!

sábado, 12 de abril de 2014

Cuiabá está entre as 30 cidades mais violentas do mundo, aponta ONU

Mais de 200 assassinatos ocorreram na capital, segundo a Polícia Civil.
Brasil tem 11 cidades entre as mais violentas e 4 serão sedes da Copa.

Região da Avenida Isaac Póvoas, uma das mais movimentadas no centro da capital. (Foto: Renê Dióz/G1)  

Relatório é baseado em dados de 2012, quando
222 assassinatos foram registrados em Cuiabá

 

A capital mato-grossense está entre as 30 cidades mais violentas do mundo, segundo Levantamento do Escritório sobre Drogas e Crime das Nações Unidas, divulgado nesta quinta-feira (10). Cuiabá ocupa o 29º lugar no ranking de assassinatos por 100 mil habitantes e o estudo se baseou em homicídios ocorridos em 2012. Outras 10 cidades brasileiras também aparecem na lista, classificando o país como o que possui o maior número de cidades mais violentas.
Cuiabá já figurava no ranking de homicídios e ocupava a mesma posição no relatório elaborado pela ONG mexicana Conselho Cidadão para Segurança Pública e Justiça Penal AC, anunciado no mês de março deste ano. Os dados chamam a atenção e causam certa preocupação, já que das 11 brasileiras que integram a lista das mais violentas, quatro vão sediar jogos da Copa do Mundo de 2014 (Cuiabá, Fortaleza, Natal e Salvador).
Maceió está como a quinta cidade em homicídios por cada 100 mil habitantes, sendo que Fortaleza ocupa a 7ª posição, Natal é a 12ª e Salvador, a 13ª. Também foram listadas pelo levantamento das Nações Unidas: João Pessoa, que é a 9ª no ranking, Vitória (14ª); São Luís (15ª); Belém (23ª); Campina Grande (25ª) e Goiânia (28ª). De acordo com as Nações Unidas, pelo menos 437 mil pessoas foram assassinadas em 2012 no mundo, sendo que 36% dos casos ocorreram na América Central.
Reforço na Copa
O governo de Mato Grosso garante que os servidores da segurança pública estão passando por cursos especiais com o objetivo de oferecer proteção aos torcedores e também à população da capital. De acordo com a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), uma equipe de 2.596 profissionais, entre policiais militares, policiais civis, bombeiros, policiais rodoviários, federais e Batalhão de Operações Especiais (Bope), está prevista para atuar em diversas esferas durante os jogos do mundial.
A estatística elaborada pela Polícia Civil, por meio da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), apontou que 222 pessoas foram assassinadas em 2012 em Cuiabá. Desses registros, 216 se trataram de homicídios e seis casos de latrocínios (roubo seguido de morte).

Nenhum comentário:

Postar um comentário